O Processo de Planejamento

  1. O ato de planejar

 

Planejar é algo simples que se inicia do ato de pensar. É uma preocupação que envolve toda a possível ação ou qualquer empreendimento da pessoa. Focar em algo, ter um objetivo ou perspectiva de uma determinada situação, tudo isto envolve o ato de planejar.

Esta realidade está interligada ao ser humano através de toda a trajetória pela humanidade. O homem administra isso a cada ideia que possa ter para executar algo. Todo e qualquer ato desta natureza são meios para alcançar objetivos. Todas as pessoas iniciam seus dias com um planejamento prévio do que irá decorrer durante as horas em que devem executar tarefas rotineiras. Esse planejamento é constante, mas pode ser também uma ideia improvisada surgida de alguma situação que mudou e aí entra outro planejamento sobre como agir nesses momentos.

Há planejamentos que podem ser realizados de formas simples e outras mais detalhadas, e ainda, algumas altamente científicas, envolvendo padrões rígidos e princípios teóricos, visando orientar o processo de planejar, executar e avaliar.

Então, como podemos ver todos fazemos planejamento. Tudo é pensado. E isto tudo acontece porque a pessoa quer alcançar alguma coisa para ela ou para os outros.

Por isso, planejar nada mais é que uma exigência do ser humano. Sem isso não haveria pensamento próprio para definir os objetivos a serem alcançados. O homem não teria vontade própria para organizar seu cotidiano e até mesmo sua vida. Seria uma sessão de acontecimentos irrelevantes que não fariam a mínima diferença, ou que não modificaria em nada a relação da ordem do que viria a acontecer a seguir. Essas ações humanas são prioritariamente planejadas a cada segundo. A alienação corrente sobre o que se faz, não diminui o efeito. Os motivos e os fins são meras consequências do pensar inicial que logo depois se tornou um planejamento do que será executado
em mais um dia.

  1. DEFINIÇÃO DE PLANEJAMENTO

 

Entende-se por planejamento um processo de previsão de necessidades e racionalização de emprego dos meios materiais e dos recursos humanos disponíveis, a fim de alcançar objetivos concretos, em prazos determinados e em etapas definidas, a partir do conhecimento e avaliação científica da situação original.(MARTINEZ; OLIVEIRA LAHONE, 1977, p. 11)

 

O conceito está voltado para o entendimento deste processo como algo que irá atender as necessidades e alcançará objetivos em prazos e etapas que o planejador determinará para a realização.

Para isso há elementos que constituem este planejamento.

 

  1. PROCESSO DE PREVER NECESSIDADES

 

Este é o processo inicial onde temos uma sucessão de etapas que se desencadeiam numa lógica, obedecendo a normas e técnicas específicas para atingir finalidades, metas ou objetivos.

A partir deste conceito podemos organizar o planejamento partindo das necessidades; do que será útil e o que como se dará este método e qual a melhor forma para chegar a um objetivo. Porém, antes disso devemos analisar e prever o que será possível para resolver essas necessidades de acordo com as intenções iniciais teóricas.

 

  1. PROCESSO DE RACIONALIZAÇÃO DOS MEIOS E DOS RECURSOS HUMANOS E MATERIAIS

 

Racionalizar é um processo discursivo que se desenvolve a partir de proposições ou colocações evidentes e bem definidas, através das quais se pretende chegar a novas situações.

Para se planejar é preciso da habilidade para prever uma ação que se realizará posteriormente, por isso se exige uma previsão certa e lógica de todos os meios e recursos necessários para as diferentes etapas do planejamento, do seu desenvolvimento e da sua efetiva execução, para alcançar os objetivos desejados.

 

Logo, este processo de racionalização envolve um conhecimento prévio para que a sabedoria esteja presente também na hora da previsão das condições em que os métodos serão dados. E o mais importante, além da previsão dos meios em que se encontrará e não se pode deixar de lado a utilização dos recursos que serão trabalhados no momento da execução. Esta organização dos recursos torna os objetivos mais realistas e mais predispostos a tornarem-se executáveis. É preciso desenvolver meios melhores e mais eficazes. Os objetivos devem ser estabelecidos logo no inicio também, já que sua existência determinará quais serão os métodos e quais recursos serão utilizados.

 

  1. O PROCESSO DE PLANEJAMENTO VISA O ALCANCE DE OBJETIVOS EM PRAZOS E ETAPAS DEFINIDAS

 

Estabelecida à realidade, surge à necessidade da definição dos objetivos para se processar uma mudança da mesma. A etapa principal do processo de planejamento é a definição e seleção dos melhores objetivos. Esses objetivos constituem o núcleo e a dinâmica do planejamento; são eles que determinam e orientam todas as demais etapas do ato de planejar.

Em virtude disso, vimos que os objetivos não servem apenas para focar nas intenções, mas também as etapas e os prazos a serem desenvolvidas. Todo o ato de planejar exige etapas e prazos, e os objetivos executam as intenções e delimitam o tempo em que isso deverá ser desenvolvido. Além de essencialmente serem claros, devem dizer a que veio ou que será obtido através desse objetivo aplicado.

 

  1. O PROCESSO DE PLANEJAMENTO REQUER CONHECIMENTO E AVALIAÇÃO CIENTÍFICA DA SITUAÇÃO ORIGINAL.

 

Visto que o objetivo do planejamento é prever mudanças de uma situação real, o próprio ato de planejar deve se submeter a uma constante avaliação durante todo o processo.

O planejamento deve ser constantemente avaliado e reavaliado, para que se possa observar a concordância ou discordância entre os seus elementos constitutivos.

Concluindo, podemos então que o planejamento querer pensamento, objetividade, clareza, racionalização, etapas e prazos. Além disso, temos que incluir também o conhecimento da realidade, das suas urgências, necessidades e tendências; A objetividade clara e definida; Determinação dos meios e dos recursos possíveis, viáveis e disponíveis; o estabelecimento dos critérios para a avaliação, inclusas no processo de planejamento e execução; e por fim, o estabelecimento de prazos e etapas para a execução.

 

Planejar então, nada mais é que o ato de pensar sobre aquilo que existe e está ao seu redor, fazer modificações e melhoramento,desenvolver etapas para executar objetivos e atingir o que se pretende.



5 (100%) 1 vote
Compartilhe este post