VERSÃO EM CORDEL DA HISTÓRIA DE ‘DONZELA TEODORA’

  
 A História de Donzela Teodora é uma versão brasileira e em cordel feita pelo poeta Leandro Gomes de Barros. Nesta versão, temos a estória tradicional de Teodora que é a escrava-donzela-bela-sábia aonde vence os sábios do reis, livrando o seu amo da falência. 
Possui uma narrativa sedutora, sem esquecer da síntese da fabulação que gira em torno da compra da donzela e manda educá-la. Sem passar muito tempo ela se torna altamente sábia, e tendo o seu mercador perdido sua riqueza, ela então propõe que ela tente vendê-la ao rei. Veste-se então com roupas da mais alta nobreza e ela enfrenta três sábios que lhes testam os conhecimentos. Ela por sua vez, os derrota, deixando-os em trajes mínimos e recebendo por sua sabedoria o dinheiro da aposta. Assim, o rei lhe paga o combinado e eles voltam para casa. 
A estrutura é repleta de antonímias clássicas como: SABEDORIA x IGNORÂNCIA;  JUSTIÇA x INJUSTIÇA; HONRA x DESONRA, que se tornam traços marcantes da oralidade no texto, sem deixar de lado os enigmas e adivinhações também presentes.
Enfim, independente da peculiaridade de regiões de diferentes comunidades: espanhola, portuguesa e brasileira, a estória mantém sua singularidade por onde tenha marcado sua trajetória, escrita e reescrita advindas de suas versões produzidas.

Sobre a Autora

Rate this post
Compartilhe este post