[Sessão Crônica] Dia dos Namorados

Em comemoração ao Dia dos Namorados, trago-lhe esta crônica
enviada ao e-mail do Desmazelas como contribuição. (se quiser e se
tiver algum tipo de material, envie você também para: contatodesmazelas@gmail.com)
Autor
é tímido e não quis que fosse colocado o nome: então a autoria ficará como: leitor do Desmazelas
Bom,
desfrutem e Feliz dia 12 de junho!
Fonte: Google

12 de junho – quarta feira,

Todo
mundo sai à rua e vê pequenos romances no ar: casais abraçados, de mãos dadas,
aquele entreolhar duplo, sorrisos altivos, presentes que não param nas
prateleiras das lojas.
Todo
mundo para um minuto desse dia para pensar no próximo. Não necessariamente o
próximo, próximo, mas falo daquele próximo, que a pessoa partilhe detalhes
pessoais. O Dia dos Namorados é aquele dia em que as pessoas desejam ser
lembradas, por alguém querido – Aquele alguém -, mas em alguns casos, é
realmente uma lembrança de que talvez ainda haja esperança para que este dia
não esteja totalmente alheio à efemeridade produzida pelo mercado.

O
Romantismo não morreu! O amor ainda é o sentimento mais forte que permeia a hombridade
humana, e graças à ele, não há nenhuma outra forma de expressão mais significativa que uma declaração de amor: à alguém, à você, à vida.


Sobre a Autora


Rate this post
Compartilhe este post