[Sessão Crônica] Esse vai para você*

Ilustração: Fabyely Kams

Ei, já parou para pensar que as vezes pensar demais atrapalha?

A ideia é não deixar o problema abarcar você, e sim você preencher o problema de solução. As vezes não é fácil, mas as vezes, a solução está a um palmo da sua vista.
Ei, sabia que nem tudo tem que ser necessariamente essa eloquência cotidiana?
Talvez sim. Porque o incerto traz surpresas, mas talvez não porque gera descontrole. E queremos ter controle sobre nós, não é?!
Ei, se você tiver medo de alguma coisa, você compartilharia com uma pessoa importante?
Não saber por onde começar é normal, então aí vai uma dica: “Oie! posso conversar com você?”. Simples e útil.
Ei, a culpa muitas vezes torna-se um sentimento inútil. Que tal trocá-la por sorrisos compartilhados; um eu te amo considerável?
Sabia que a pessoa que aqui escreve, é capaz de falar muitas verdades, algumas dolorosas e, que talvez não perceba isso no momento. Essa pessoa é idiota por isso! Mas é um idiota que não detém a ação de evitar sentir solidão pelo pedaço nele que falta.
Ei, não tem problema que haja conflitos entre a gente! Cabeças diferentes geram pensamentos diferentes. Mas no fundo, não precisamos tentar fazer sentido, o sentido está em nós.
*(Crônica enviada por contribuição do Blog: BrevesPensamentos)

Rate this post
Compartilhe este post