Como Esquematizar um Texto

Gente, quem é que já leu um texto na faculdade e depois pediram para fazer uma esquematização? Alguns, não é mesmo? Bom, hoje a gente vai falar disso! A esquematização são uma das atividades que aprendemos em uma disciplina de nome Metodologia do Trabalho Científico, e geralmente ela está inclusa no primeiro semestre de qualquer curso, (o nome da disciplina pode sofrer alteração acordo com algumas Instituições) mas não é nenhum bicho de sete cabeças! Vamos lá?
A esquematização é uma técnica que nos ajuda a organizar o que lemos e principalmente, como interpretamos a leitura. Digo isso, porque eu posso fazer um esquema de um texto de um jeito, e outra pessoa de outro, mas isso vai de acordo com o que cada um julga importante citar na hora da estruturação dos tópicos.
O que é preciso para organizar um esquema:
  • Definir as ideias principais.
  • Definir as ideias secundárias que estão ligada a cada uma delas.
  • Escolher uma palavra ou frase curta que transmita cada uma dessas ideias.
  • Escolher uma forma gráfica que contenha todas essas palavras-chave e mostre a relação entre elas.
modelos de esquemas
Vantagens dos esquemas:
  • Para fazeres um bom esquema, é necessário ter compreendido bem toda a matéria;
  • Permitem apresentar muita matéria e relacioná-la, facilitando as revisões.;
  • Mostram a relação lógica e hierárquica entre as várias ideias;
  • Dão uma imagem visual da matéria e da sua organização.

 Existem várias
maneiras para elaboração de um esquema. Porém, é necessário que o esquema
expresse palavras que contém a ideia principal.
IMPORTANTE: Deve
estar de acordo com a realidade e sintetizar o tema sem não modificá-lo.
Enfim, para
elaboração de um esquema, são necessárias várias leituras do tema. Destas
leituras precisa-se marcar um ponto de partida, destacar a ideia principal e
seguir uma linha de fatos ligados entre si. Estes fatos devem conter as
expressões principais. Se você quiser fazer ou lhe for pedido um esquema por
tópicos, veja a seguir como fazê-lo.

Exemplo:

O industrialismo tem
como imperativo máximo à conquista do velho pelo novo; e está forçando a
humanidade a marchar através da história a um ritmo cada vez mais rápido.
Porém, fixa somente a direção geral dessa marcha. A natureza geral do caminho
define muitos caracteres específicos que de outra maneira aparecem como mistos
e inclusive acidentais. Outra questão é porque um caminho ou outro é escolhido
ou aceito pelos homens, ou imposto a eles. O industrialismo é introduzido por
elites nativas ou estrangeiras, grupos de homens que pretendem conquistar a
sociedade através da superioridade dos novos meios de produção. A nova
sociedade, ao longo do tempo e sob um ou outro auspício, está sempre destinada
a ganhar. A grande questão dramática não é se o industrialismo haverá de obter
a supremacia, mas qual será seu enfoque conceitual da organização da
industrialização.
Esquema do
exemplo 
Industrialismo
* Conquista do velho
pelo novo;
* Fixa a direção
geral da marcha. 
Caminho
* Define muito dos
caracteres específicos;
* Por que um ou
outro é escolhido? 
Elite
* Deseja conquistar
a sociedade;
* A nova é destinada
a ganhar;
* Como organizará a
industrialização. 
A  necessidade consiste em conseguir compreender, ao reler o que foi usado
como ideia principal, à estrutura sintética e entender o significado do que se
leu. Assim, você obterá uma memorização melhor e um desenvolvimento quanto a
interpretação das ideias do início ao fim do seu texto. 
Se você gostou e
achou este post útil, subscreva-o ali no RSS, ou compartilhe nas redes
sociais. 🙂



Sobre a Autora

Rate this post
Compartilhe este post